Qual o papel da motivação no aprendizado do PB por imigrantes Haitianos?

Dando sequência à discussão iniciada em sala de aula (16.11) proponho analisar o papel que a motivação possa ter na aquisição do Português Brasileiro por Haitianos recém-chegados ao Brasil.

Acredito pessoalmente que o aprendizado de uma língua adicional requer certo grau de disciplina e comprometimento, por ser um processo onde a regularidade tem um papel fundamental na obtenção de resultados. Esta regularidade é encontrada com maior frequência em pessoas com algum tipo de motivação.

Acredito que possamos traçar um paralelo entre aprendizagem de um novo idioma e melhoria da condição física, pois tanto para uma quanto para a outra a motivação é essencial no sentido em que é ela que nos mantem comprometidos com a prática escolhida.

Procurando relatos que pudessem sustentar esta hipótese, encontrei várias iniciativas municipais de ensino da língua portuguesa no sentido de integrar os Haitianos à sociedade local e facilitar sua inserção no mercado de trabalho. Os profissionais que atuam nestas iniciativas promovidas por prefeituras como a de Nova Odessa, por exemplo, afirmam que os haitianos sabem que quanto mais estiverem em contato com a Língua Portuguesa, maiores serão suas chances de uma colocação profissional. Embora haja dificuldades em certos casos como, por exemplo, a locomoção até o local das aulas, a aderência ao curso é bastante alta e são muitos os casos de sucesso.

Há Haitianos com menor formação que veem a língua como uma garantia de acesso a um emprego que os ajude em seu sustento e muitas vezes no plano de trazer outros membros da família que ficaram no Haiti. E há também aqueles que são graduados e até mesmo pós-graduados e, para estes, aprender a língua local seria o primeiro passo no caminho que os conduziria a um trabalho mais próximo daquele que realizavam em seu país.

Estes dois fatores motivadores, tanto a capacidade de se sustentar em um país desconhecido, quanto o de atingir uma melhor colocação profissional, parecem ser suficientemente sólidos no sentido de assegurar a dedicação destes imigrantes ao seu aprendizado da Língua Portuguesa.

Ursula J. Chirinian

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s